RedeBackup
17/06/2019 20:15:50- Seja Bem vindo a RedeBackup, internet sem fronteiras!
Publicidade
H2L Soluções para Documentos
Rogério Rodrigues Rosalin
WebRadio Areia Santa FM de Figueirão-MS
Auto Escola Areiasanta
Prefeitura Municipal de Figueirão
Itararé Adm Empree e Partic Ltda
Para atrair indústria e contribuir nas decisões, Figueirão digitaliza 100% da zona rural
   
 

Trechos de cinco rodovias, entre elas a MS-436, que liga Camapuã a Figueirão, 260 km da capital de Mato Grosso do Sul, rios, e estradas que unem a cidade e o campo, agora estão digitalizadas. Figueirão é o primeiro município a registrar por imagens fotográficas e de satélite, 100% da sua zona rural. Com uso de GPS, técnicos levantaram detalhes das 498 propriedades rurais, com suas deficiências estruturais, ambientais, estradas, rodovias, sinalização e rios. Concluída esta etapa, o trabalho da Secretaria Municipal de Agricultura de Figueirão, será identificar as aptidões de cada fazenda, com o objetivo de ampliar a qualidade da produção agropecuária, atrair indústria e contribuir com a tomada de decisões pela equipe administrativa.

Com foco no desenvolvimento da cadeia leiteira, ampliar a produção e o consumo de hortifrúti e carne bovina, o banco de dados criado pelo município será disponibilizado para entidades e setor privado, interessados em investir na região. “A partir deste projeto, temos o perfil de cada propriedade rural, com as respectivas ocupações do solo, fotos das estradas e até das sedes das fazendas. Com um clique, teremos acesso à produção total de determinada propriedade, seu tamanho e atividades a que se dedica, além das condições das estradas, pontes e mata burros, que serão exibidas em fotos”, destaca o secretário de agricultura do município, Fernando Barbosa.

Entre as principais contribuições do projeto, segundo o prefeito do município, Rogério Rosalin, estão as relacionadas à infraestrutura da zona rural e mapeamento ambiental. “Entidades como o sindicato rural do município, federações, órgãos ambientais e outros terão a disponibilidade de dados que complementam as informações já existentes. E os próprios produtores rurais poderão solicitar dados que vão contribuir no preenchimento do CAR, por exemplo”, cita Rosalin ao lembrar da proximidade do prazo para o Cadastro Ambiental Rural.

Entre as ações do atual Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, beneficiadas pela ação de mapeamento digital, está o Programa Pacto Sinal Verde, que necessita da identificação das propriedades com aptidão à produção de animais precoces, que possam gerar maior nível de qualidade da proteína encaminhada aos frigoríficos.

Quanto ao Programa Produzir Mais os produtores rurais interessados em aderir ao devem procurar a Secretaria Municipal de Agricultura de Figueirão e realizar o cadastro que passará por análises técnicas. Depois de aprovado, o produtor passa a ter os benefícios como a patrulha mecanizada, visitas dos técnicas para avaliação das ações na propriedade, entre outros.

 

Texto: Diego Silva

Fotos: Arquivo

 
 
Colunas
 
 
#redebackup
PROVEDOR DE INTERNTE DESDE 2001.
CIDADES ATENDIDAS - CHAPADÃO DO SUL - COSTA RICA - FIGUEIRÃO E PARAISO DAS AGUAS